Alexanialexy_____________city’s Weblog

junho 3, 2008

I Mostra BNB do Blues _ reunirá 70 músicos de 22 bandas em junho

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 12:08 am

I Mostra BNB do Blues

Fortaleza será palco para 22 bandas de blues em junho

A I Mostra BNB do Blues reunirá durante o mês de junho cerca de:

70 músicos

de

22 bandas,

sendo:

19 bandas de Fortaleza,

duas do Cariri (Lenynha Vas e Los The Os)

e

uma carioca (Beale Street).


A Mostra acontecerá no Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108), às quartas e quintas-feiras de junho (dias 5, 11, 12, 18, 19, 25 e 26) e no sábado, 14, com shows sempre às 12h, 17h e 18h30. Ao todo serão 22 atrações, além da exibição de DVDs musicais. Toda a programação é gratuita ao público.
 

 

 

ENTREVISTAS E INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
·        André Marinho (coordenador geral e curador da I Mostra BNB do Blues) – (85) 3464.3181 / 9111.1090 – andreluismm@bnb.gov.br
·        Fernando Pessoa (coordenador de produção da I Mostra BNB do Blues) – (85) 3464.3242 / 9998.0194 – fernandopes@bnb.gov.br
·        Luciano Sá (assessor de imprensa do Centro Cultural Banco do Nordeste) – (85) 3464.3196 / 8736.9232 – lucianoms@bnb.gov.br

PROGRAMAÇÃO DA I MOSTRA BNB DO BLUES

ExperiHendrix Trio
Dia 05, qui, 12h
O trio cearense ExperiHendrix surgiu sobre a inspiração psicodélica de Jimi Hendrix. Portanto, foi com o intuito de homenagear esse grande músico norte-americano que Níguer (voz e baixo), Artur Menezes (guitarra e voz) e Carlinhos Perdigão (bateria) se reuniram em 2006. Assim, após gravarem um CD de demonstração com músicas referenciais deste sensacional guitarrista, foram selecionados para tocar no Festival Ceará Music 2007. Desde então, já se apresentaram com este projeto em importantes espaços como o Maria Bonita e o Órbita, e agora têm a responsabilidade e o prazer de abrir este Festival de Blues do Centro Cultural Banco do Nordeste. 60min.

Lu de Souza In Blues
Dia 05, qui, 17h
Lu de Souza é guitarrista, arranjador e produtor autodidata. Possuidor de um estilo próprio, funde a genialidade do jazz e blues com a riqueza rítmica da música brasileira. Tem como influência a música negra, e através dela navega com extrema segurança e singularidade nos instrumentos de cordas. Assim, cria uma abertura não-convencional para as diversas tendências e impressões musicais. A partir daí, ele segue nos palcos brasileiros uma trajetória firme, desenvolvendo um trabalho de personalidade e transmitindo uma riqueza de timbres e texturas musicais. Com Lu de Souza tocam Neo dos Santos (bateria) e Miquéias dos Santos (baixo). 60min.

Andrew Davis
Dia 05, qui, 18h30
Vocalista do grupo Lobo do Asfalto, conhecida banda de Fortaleza, Andrew Davis tem como influências o rock´n´roll e o blues. Ao lado do conjunto citado, já se apresentou em diversos palcos do Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco, inclusive acompanhando o cantor/compositor blueseiro Serguei. Neste show, tocam com Davis os músicos: André Luiz (guitarra), Igor Holanda (baixo), Heverton Raydson (bateria), Diego Mendes (teclado) e Bené (gaita). 60min.

Pick Up
Dia 11, qua, 12h
O nome da banda remete ao instrumento “guitarra” e seus captadores, que em inglês são chamados de “pick ups”. Assim, o grupo tem a proposta de homenagear grandes guitarristas que cantam e flertam com o blues. Alguns deles: Richie Kotzen, Jonny Lang, John Mayer, Richie Sambora e Gary Moore. Neste espetáculo, a Pick Up passeia por um repertório blueseiro diferente, buscando aproximar-se também do rock e do pop. Integrantes: Cláudio Mendes (guitarra e voz), Márcio Holanda (baixo e voz) e Netto Krápula (bateria). 60min.

Puro Malte
Dia 11, qua, 17h
Como um bom uísque, a Puro Malte visa o deleite e a satisfação de quem tiver a oportunidade de assistir seus shows. Ela busca unir doses generosas do bom e velho blues com a energia e a virilidade do rock’n’roll, tudo misturado por um contagiante tempero cearense. A banda já se apresentou em importantes palcos: bares Altas Horas, Buoni Amici’s e Fafi, além de haver participado de eventos como os projetos House Of Blues, Fábrica do Blues – quando abriu o show do gaitista paulistano Sérgio Duarte -, II Mostra de Música de Fortaleza Petrúcio Maia e II Festival BNB do Rock- Cordel. Seus integrantes são: Cláudio Oliveira (voz e guitarra), Erich Greiner (guitarra e vocais), Vitório Vieira (baixo e vocais) e Aldo Machado (bateria). 60min.

Zezé Medeiros em Blues
Dia 11, qua, 18h30
Experiente vocalista nascido em Fortaleza, Zezé Medeiros apresenta neste show um repertório basicamente cantado em Português. Assim, compositores brasileiros e cearenses dão a tônica do seu trabalho: Cazuza, Nilo Alves, Lúcio Ricardo (da banda performática Perfume Azul), Paulo Rossglow (cantor do Trem do Futuro, inventivo e competente grupo cearense de música progressiva) e Breno de Castro (guitarrista da banda Caco de Vidro, grupo que também conta com a participação de Zezé). 60min.
           
Blues Label
Dia 12, qui, 12h
Os integrantes da Blues Label, já a partir do seu nascimento, em setembro de 2001, começaram a realizar um trabalho apurado de pesquisa, aspecto que deu ao grupo livre trânsito por entre várias vertentes dessa música: blues de raiz, country, jump, blues-rock, funk e soul music. A banda é bem experiente, e já tocou em eventos e lugares como: Festival Jazz e Blues de Guaramiranga, Dragão Jazz, Ceará Music, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Ceará Blues Sessions, Feira Nacional da Música de Foratleza, Festival Vida & Arte, Centro Cultural Banco do Nordeste, Hotel Vila Galé, Ritz Café, Buoni Amici´s Sport Bar, Barraca Biruta, Mucuripe Clube, Cine Benfica, The Wall Bar, Forcaos, I Fórum de Harmônicas do Ceará (acompanhando os gaitistas Jefferson Gonçalves, carioca, e Andy Boy, gaúcho), Projetos Casa do Blues e House of Blues, I Mostra de Música de Fortaleza Petrúcio Maia, Circuito Cultural Banco do Brasil/2007 e BNB Clube. Integrantes: Artur Menezes (guitarra, baixo e vocal), Leonardo Vasconcelos (teclado) e Roberto Lessa (voz, guitarra e baixo). 60min.

Mimi Rocha Trio
Dia 12, qui, 17h
O guitarrista e produtor musical Mimi Rocha apresenta um show em que junta todas as suas influências acumuladas em 23 anos de estrada. Assim, realizando um espetáculo voltado ao blues moderno e com muito espaço para improvisações, junta em seu caldeirão sonoro Miles Davis, Eric Clapton, Santana, Beatles e uma mistura de carimbó com Jimi Hendrix. Músicos: Mimi Rocha (guitarra), Nélio Costa (baixo) e Ricardo Pontes (bateria e voz). 60min.

Mississipi Blues
Dia 12, qui, 18h30
Nascida em 2007, a Mississipi Blues é um encontro de amigos apaixonados pelas raízes do blues. Assim, o trio busca resgatar a sonoridade primitiva desse gênero explorando o violão slide e a gaita. Formada por Marcelo Justa (violão, slide e voz), Alvin (violão, slide e voz)  e Diogo Farias (gaita e percussão), o grupo traz no repertório composições de Robert Johnson, Skip James, Charley Patton, Son House e Elmore James, entre outros consagrados bluesmen. 60min.

Lenynha Vas
Dia 18, qua, 17h
Experiente vocalista e compositora nascida em Juazeiro do Norte, Lenynha Vas possui uma voz calcada para o blues: rasgante e potente. Realizou espetáculos em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Fortaleza, em importantes espaços musicais como o Circo Voador. Já abriu shows para artistas do porte de Ângela Rô Rô e Marcelo Nova, e foi cantora em bandas de rock, jazz e MPB. Tocam com ela nesta apresentação: João Neto (baixo e violão) e Abel Pereira (guitarra e violão). 60min.

De Blues em Quando
Dia 18, qua, 18h30
Simplicidade e autenticidade. Esta é a tônica do trabalho da De Blues em Quando. Formada em 2004, a banda atua divulgando o blues em workshops e festivais. Com um trabalho autoral em Português, torna o gênero acessível a todos, explorando sua sensibilidade e paixão, sem deixar de lado os clássicos que fizeram do blues um estilo mundialmente conhecido.  Formação: Alvin (guitarra, lapsteel, slide, violão “resonator” e vocal), Klaus Sena (baixo), Wladimir Catunda (bateria), Diogo Farias (gaita) e Artur Menezes (guitarra). 60min.

Zeppelin-Blues
Dia 19, qui, 12h
O Led Zeppelin é considerado um dos mais importantes grupos de todos os tempos. Vendeu cerca de 300 milhões de discos no mundo todo, e seus concorridos shows influenciaram praticamente todas as gerações posteriores de instrumentistas ligados à música em geral. Neste espetáculo, o grupo cearense Zeppelin-Blues – após tocar em lugares importantes e com lotação esgotada como o teatro do centro Dragão do Mar e de excursionar para cidades como Iguatu e Brejo Santo – presta uma sincera homenagem a esta banda inglesa, que reuniu em sua música as raízes folclóricas britânicas, a psicodelia, o movimento progressivo, a world music, o funk, o soul, o blues e o rock´n´roll. Formação: Zezé Medeiros (voz), Artur Menezes (guitarra), Leonardo Vasconcelos (teclado), Marco Aurélio (baixo) e Carlinhos Perdigão (bateria). 60min.

Kazane Blues
Dia 19, qui, 17h
Personalidade importante do blues em nosso estado – inclusive com participação efetiva no CD Blues Ceará, tocando e cantando com a Sub-Blues –, o guitarrista, cantor e artista plástico Kazane busca neste espetáculo mostrar seu mais recente trabalho: misturar a sonoridade do blues tradicional com elementos do funk e do hip hop. Ao largo desse aspecto, ele promete um show que versa sobre a história de Fortaleza e de seus bairros suburbanos, incluindo a sua clássica composição “O Roqueiro do Montese”. Acompanham-no nesta empreitada: Mocó (percussão), Bernard (teclado) e Carlos Ernesto (baixo). 60min.

Los Carecas Blues Band
Dia 19, qui, 18h30
A proposta da Los Carecas Blues Band é mostrar a diversidade do blues em seus formatos tradicional/clássico e contemporâneo. Além disso, faz parte também do trabalho do grupo apresentar composições blueseiras cantadas em língua portuguesa. A formação atual chama atenção pelas influências de seus componentes, que vão do blues (e seus afluentes) à funk music, rock clássico, samba e jazz. Integrantes: Igor Bedê (guitarra e voz), Ivo Correia (gaita e voz), Rubens Barros (baixo), Alexandre “Grandão” (guitarra e vocais), Diego Veras (teclado) e Rodrigo Pereira (bateria). 60min.

Vintage
Dia 25, qua, 17h
Formada em 2008, a Vintage possui como integrantes figuras que atuam na cena local já há alguns anos. E tem como proposta básica mesclar músicas autorais aos clássicos do blues e do rock, passando por grandes artistas desses estilos. Suas influências são: Steve Ray Vaughan, B.B. King, Gary Moore, Velvet Revolver, Guns N´ Roses, Snakepit e The Doors, entre outros. Formação: Rilvas de Jesus (voz), Victor Gueiros (guitarra), Wolf (baixo) e Ramon Jucá (bateria). 60min.

Overtrio
Dia 25, qua, 18h30
Grupo possuidor de experientes músicos, o Overtrio costuma passear do jazz ao blues, passando pelo rock e pela música popular brasileira. Participaram dos Festivais de Jazz e Blues de Guaramiranga 2003 e Ceará Music 2004. Já dividiram o palco com os paranaenses do Mister Jack, em memorável espetáculo no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Tocando já há seis anos, o Overtrio é formado por Marcelo Justa (voz e guitarra), Gerardo Gondim (baixo) e Armando Gaspar (bateria). 60min.

Gang da Cidade
Dia 26, qui, 12h
Atuando desde o começo dos anos 1990, a Gang de Cidade é uma das maiores referências do blues em nosso estado. Inclusive, em 1996, foi uma das bandas selecionadas para gravar o CD Blues Ceará, ao lado da Trakajá Blues Experiment, Matutaia e Kazane e Sub-Blues. Atualmente, o grupo propõe-se a apresentar um repertório próprio, bem com também resgatar blues e rocks antigos, inclusive cearenses, caso de algumas composições do mestre Luís Carlos Porto, com quem inclusive já tocaram. Formação: Laerte Duarte (voz), Celso Antony (guitarra), Marco Aurélio (baixo), Valber (guitarra) e George (bateria). 60min.

A Nata
Dia 26, qui, 17h
Grupo que surgiu originalmente para prestar uma homenagem ao Cream, de Eric Clapton. Participou de eventos importantes como o Festival Ceará Music 2006, chegando a tocar em bares e também no Centro Cultural Banco do Nordeste no mesmo ano. Agora com uma nova proposta, A Nata é um power trio que prioriza a pesquisa dentro do universo blueseiro. Para isso, conta com a experiência de instrumentistas experimentados no cenário da musicalidade cearense, a exemplo do baixista Edmundo Júnior e do cantor e guitarrista Marcelo Justa. Completa o time Carlinhos Perdigão na bateria. 60min.

Beale Street
Dia 26, qui, 18h30
A Beale Street é uma banda carioca que vem pela primeira vez ao Ceará. A proposta é lançar seu segundo disco, Vibratto, com a participação especialíssima do baterista Netto Krápula. Assim, para esta apresentação, o conjunto do Rio de Janeiro terá no repertório clássicos do blues, do rock e composições autorais em Português. A Beale Street já tocou e gravou com expoentes nacionais e internacionais do blues, como Jefferson Gonçalves, Peter “Mad Cat” Ruth, Otávio Rocha, Big Joe Manfra e Kleber Dias, e também com a bateria da Escola de Samba Unidos da Rocinha. Seus integrantes são: Ivan Mariz (voz e guitarra), Alexandre Baca (bateria) e César Lago (baixo e vocais). 60min.

 

ROCK-CORDEL

I Mostra BNB do Blues

Artur Menezes & Os Caras
Dia 14, sáb, 14h30
Guitarrista e cantor, Artur Menezes participou de vários eventos ligados ao blues: festivais de Guaramiranga, Ceará Music, Oi Blues By Night, Fórum Harmônicas Brasil, BNB Rock-Cordel e Dragão Jazz. Passando temporadas em Chicago (EUA), apresentou-se em bares como o Kingston Mines e Buddy Guy’s Legends. Nessas ocasiões, tocou ao lado de John Primer, Charlie Love and The Silky Smooth Band, Linsey Alexander, Phill Guy, Brother John e Big Ray, entre outros. No Brasil, Artur Menezes teve a honra de acompanhar os músicos Igor Prado, Ivan Márcio, Johnny Rover, Jefferson Gonçalves, Andy Boy e Alexandre Araújo. Neste show, ele apresenta seu projeto solo, e mostra várias facetas do blues ao lado de Lucas Ribeiro (baixo) e Wladimir Catunda (bateria). 60min.

Renegados Hard Blues
Dia 14, sáb, 16h
A banda Renegados – referência de qualidade do rock e do blues feitos no Ceará – vem desde 1993 trilhando uma respeitada história por diversos palcos daqui e de outros estados. Junto com seu repertório autoral, o grupo – que prepara seu terceiro disco, “Asas do Vento”, a ser lançado ainda em 2008 – costuma fazer uma viagem pelo universo musical de suas referências roqueiras, blueseiras e nordestinas: Jimi Hendrix, Led Zeppelin, Cream, Carlos Santana, e também Raul Seixas e Luiz Gonzaga. Músicos: Marcelo Pinheiro (guitarra e voz), Ricardo Pinheiro (bateria e voz) e Romualdo Filho (baixo). 60min.

Los The Os
Dia 14, sáb, 18h30
Formada em fins de 2006 no Cariri, a Los The Osbusca valorizar as raízes e o estilo moderno do rock´n´roll e do blues. Para tanto, sua música mescla: o blues tradicional de Muddy Waters, Buddy Guy, B.B. King e Freddie King; o blues moderno de Steve Ray Vaughan e Gary Moore; a soul music de Tim Maia e James Brown; e as composições roqueiras dos Beatles, Rolling Stones, Creedence Clearwater Revival e até de Roberto Carlos. Atualmente, a banda se encontra em estúdio gravando seu primeiro CD, com lançamento previsto ainda para 2008. Formação: Alessandro Ádamo (vocal e gaita), Uly Germano (guitarra), Michel Macedo (guitarra), José Wilker (baixo e vocais) e Rogê (bateria). 60min.

 

Guitar Player

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: