Alexanialexy_____________city’s Weblog

maio 28, 2008

Prêmio TIM divulga vencedores nesta quarta

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 3:29 pm

José Teles
Do Caderno C/ JC

Dominguinhos e Josildo Sá não serão os únicos forrozeiros de Pernambuco na cerimônia de entrega do Prêmio TIM de Música, na noite desta quarta-feira, no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro. Quase desconhecidos pelos conterrâneos, os pernambucanos Roberto Pinheiro, Adelmo Joaquim do Nascimento e Enok Virgulino Dantas também concorrem ao TIM, na categoria melhor grupo regional. Eles são o Trio Virgulino, formado no começo dos anos 80 em São Paulo.

Os atores globais Marieta Severo e Marcos Palmeira apresentam a cerimônia do prêmio mais importante da MPB, que teve este ano 768 CDs e 114 DVDs inscritos e 104 selecionados concorrendo a 16 categorias, que vão do melhor disco infantil ao fulltrack. A este último concorrem um dos três artistas que tiveram a música (inteira) mais baixada para celulares em 2007: Ivete Sangalo, Sorriso Maroto e Vitor & Léo.

O Prêmio TIM faz uma espécie de homenagem pelo “conjunto da obra” a Dominguinhos e, por tabela, homenageia o forró, do qual ele é o maior nome vivo, herdeiro de Luiz Gonzaga. Além da homenagem, a justiça. Esta para Paulinho da Viola que deverá ser o grande vencedor em 2008. Mesmo considerado compositor maior da MPB, ele tem passado até uma década sem disco de inéditas. O último, sem contar com a trilha do documentário Paulinho da Viola: meu tempo é hoje, foi de exatamente uma década atrás, Bebadosamba.

Paulinho da Viola, com o disco Acústico MTV, recebeu seis indicações: melhor disco e cantor de samba, melhor cantor voto popular e mais três indicações na categoria Melhor canção para as composições Bela manhã, Talismã e Vai dizer ao vento. Seu Acústico MTV concorre ainda ao prêmio de melhor arranjador (para Cristóvão Bastos).

Segundo o idealizador do Prêmio TIM, José Maurício Machline, houve um aumento de 15% nas inscrições em relação a 2007, o que aponta para o aumento dos independentes no mercado fonográfico. Isto pode ser comprovado pelos concorrentes a melhor disco de MPB. Todos de gravadoras pequenas: Que belo e estranho dia pra se ter alegria, de Roberta Sá, saiu pelo selo MP,B, De um jeito diferente, de Emílio Santiago, é da Indie Records. Por fim, Dentro do mar tem rio, de Maria Bethânia é da Biscoito Fino.

A edição do Prêmio TIM tem ainda entre os pernambucanos indicados Siba e a Fuloresta com o disco Toda vez que eu dou um passo o mundo sai do lugar (melhor disco regional, cantor regional, cantor voto popular e projeto visual), Nação Zumbi com Fome de tudo (melhor grupo de pop/rock e projeto visual), Josildo Sá com Samba de latada, em parceria com Paulo Moura (cantor regional). O CD 100 anos de frevo, é de perder o sapato, coletânea produzida por Carlos Fernando, está indicado na categoria de projetos especiais.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: