Alexanialexy_____________city’s Weblog

maio 12, 2008

Artistas de Olhos d’Água apresentaram a exposição Fios e Fibra e Fotos de Olhos d’Àgua

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 6:45 pm

Artistas de Olhos d’Água:

Exposição _ Fios e Fibra e Fotos.

Artistas de Olhos d\'Água apresentaram a exposição Fios e Fibra e Fotos

 

A exposição Fios e Fibra e Fotos de Olhos d’Água  exibe 42 esculturas de Fatinha, 10 tapeçarias de Beto Bastos e 20 fotos de Anna Izabel. Os três se reuniram para mostrar o rico artesanato produzido hoje naquele distrito de Alexânia, em Goiás. A mostra poderá ser vista no Espaço do Servidor, de 17 a 26 de abril, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30.

Até 1974, Olhos d’Água era um lugarzinho perdido no meio do caminho entre Goiânia e Brasília. Descoberto seu artesanato por pesquisadores da UnB, o lugar começou a ser conhecido por sua Feira de Troca – hoje em sua 68 ª edição – que atraia gente de todos os lados. Uma das atividades que sempre se mostrou viva no lugar foi a tecelagem introduzida ainda pelo colonizador português. Boa parte das obras é produzida em teares de madeira com mais de 60 anos.

Fatinha e seus materiais

Foi neste universo que mistura tradição, cultura, tecnologia e criatividade que surgiu Fatinha uma autêntica artista popular, filha e neta de tecedeiras, que elabora suas esculturas usando fibras de bananeira, palha de milho, bucha, cabaças, algumas sementes, flores secas e outras matérias-primas do cerrado. Da alma do povo, a artista absorve a iconografia do folclórico e do religioso: “Recolho, dou tratamento e trabalho as fibras, suas texturas, suas cores e seus desenhos. São tonalidades colocadas ali pela natureza – tons que se degradam e reintegram retratando o tempo da planta em sua breve existência. Nas fibras estão presentes a influência da luz do sol, a umidade da chuva ou da sua ausência nos longos períodos de seca, os nutrientes da terra nem sempre fértil. Quem pinta as fibras é o tempo, o clima, a natureza”, diz Fatinha, que devassa os caules, expondo-os ao sol, em longos varais até que suas matizes produzam sua forma definitiva. A artesã levou anos de pesquisa desenvolvendo tratamentos para tornar essa matéria-prima duradoura.

Nesta exposição, ela apresenta uma nova linha de pesquisa a partir da tradição africana – escravos, lavadeiras e roçeiros são resgatados de seus sonos. “As fiandeiras voltam a elaborar fios, os santos descem dos altares e transcendem seu valor religioso”, arrematou.

Beto tecendo flores

De Minas Gerais, outro artista que brotou em Olhos d’Água foi Beto Bastos, que domina as técnicas ancestrais da tecelagem como um verdadeiro mestre. Aprendiz das tecedeiras de Goiás, inspira-se em suas caminhadas pelo mato, observando as cores das flores, as formas das plantas retorcidas do cerrado, o emaranhado de texturas que se entrelaçam entre capins, cipós, ramos, galhos e folhas. “Daí surgem as tramas que entrelaçam os fios. Associo os tons de uma flor com os tons de um besouro que se move lentamente, uma borboleta que saltita de flor em flor”, explica. O resultado é tapeçaria com tramas compostas pelas cores e formas do cerrado, a que se junta a iconografia goiana ancestral.

A criação em fotogramas

 
Envolvida direta e espiritualmente com esse processo de criação, a fotógrafa Anna Izabel passou a registrar o trabalho desses artistas, especialmente o de Fatinha, instalando-se em seu local de trabalho. A idéia é revelar – por meio de imagens – as etapas do trabalho dessa artesã para que o público compreenda a complexidade da manufatura por trás da aparente simplicidade das formas.

OBS: As fotos da exposição estão no Banco de Imagens da Câmara dos Deputados. Para acessar entre na página da Câmara – http://www.camara.gov.br e clique em Banco de Imagens.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: