Alexanialexy_____________city’s Weblog

maio 31, 2008

UPTOWN BAND

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 2:23 pm

No MySpace

 

 

 

 

 

UPTOWN BAND

 

Banda Zaktar

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 2:08 pm
Emoção e animação no show da Banda Zaktar  
Confira fotos do show
por Arielce Haine
fotografia: Moacir Santos
 
Uma noite alegre, com altas doses de sensibilidade, pessoas de bem em busca do bem foi o que o público pôde presenciar durante a terceira edição do Super Jam Session, ocorrido no domingo, 02 de setembro de 2007, no clube Motonáutica. O show teve início às 16h e serviu de base para a gravação do DVD ao vivo da banda Zaktar – após às 21h – com a participação de artistas e bandas consagradas como O Rappa, Natiruts, Tribo de Jah, Biquíni Cavadão e Cidade Negra. Com palavras de incentivo e admiração, esses consagrados artistas elogiaram sobremaneira o desempenho e a determinação de todos os envolvidos no projeto da Zaktar.

 

A Banda Zaktar foge de um seguimento musical definido e trabalha com todo tipo de público, usando uma mistura de ritmos e gerações, foi formada há seis anos, a partir das aulas de musicoterapia ministradas pelo professor de música Luciano Mendes, para pessoas com deficiência mental e múltipla. É formada pelos músicos Júlio Pires (Percussão), André Gustavo (trompete), Joaquim Lins (Percussão e Trombone), Marco Aurélio (Bateria), Cristiano Alves/Peixe (Percussão e Efeitos) Niltinho Legal (Voz e Violão), Marco França (Guitarra), Alexandre Macarrão (Baixo) e Jéferson Alves (Teclados).
 

A Super Jam Session é um evento de música exclusivamente criado para dar sustentabilidade ao projeto Babilônia Musical, da Banda Zaktar. O principal objetivo é proporcionar a estas pessoas o pleno exercício da cidadania, além de mostrar para sociedade que os deficientes quando estimulados corretamente podem produzir trabalhos maravilhosos, contribuindo de forma efetiva para acabar com a discriminação contra as pessoas excepcionais.

O público vibrou com a entrada da Banda Zaktar e dançou ao som do reggae em canções como Coisas Belas da Vida (Da Gama) , Liberdade pra Dentro da Cabeça (Natiruts), Pescador de Ilusões (O Rappa) , Nosso Valor (Luciano Mendes e Kaká Ticiano), e tantas outras que farão parte do primeiro DVD da Zaktar, com base no CD de mesmo nome, produzido por Luciano Mendes.

 
   

A banda teve início na APAE de Brasília, mas hoje é independente graças à profissionalização dos alunos que foi adquirida após a aprovação no exame da ordem dos músicos do Brasil. O grupo é formado por pessoas carentes, deficientes Mentais, físicos, visuais e múltiplos. Zaktar era o nome de uma terapia desenvolvida com os integrantes da Banda.
 
Além da Zaktar, o Super Jam Session contou com Chill Out – (DJ Jean), Sound System (DUB/RAGGA/HIP-HIP), DJ MAK (DUB/RAGGA)
BOKA S/A (LIVE HIP-HOP/BRASIL)
VERBALLY OPTIMISTIC (LIVE HIP-HOP/EUA), Revolução (Reggae Music/Jam session) e os artistas Edgard: (Vocalista – Pegada Black) Fauzi : (Vocalista – Tribo de Jah), Faucão: (Vocalista – O Rappa),Alexandre: (Vocalista – Natiruts),Da Gama : (guitarrista – Cidade Negra),Edu Ribeiro, Kiko Peres (Guitarra solo).Toda a renda relativa ao show Super Jam Session vai para o projeto Babilônia Musical, desenvolvido pelo professor Luciano Mendes, a fim de garantir a continuidade do trabalho e da banda no mercado musical.

Para compra do CD Zaktar e outras informações sobre o trabalho da banda:
Rafael Cruz – 92896030
Luciano Mendes – 92278746

DOCTV lança edital para produção de 35 filmes.

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 1:14 pm

Agencia Estado

A quarta edição do mais bem-sucedido programa de fomento à produção e difusão de documentários brasileiros, o DOCTV, foi lançado ontem na Cinemateca Brasileira, em São Paulo. Até o dia 11 de julho estão abertas as inscrições para o concurso que vai selecionar 35 projetos, nos 27 Estados brasileiros. Cada um receberá R$ 110 mil, além do apoio para desenvolvimento dos roteiros e a garantia de exibição nas diversas emissoras de TV públicas espalhadas pelo País, além do lançamento em DVD.

Todos os documentários são produzidos em parceria com as TVs públicas, que bancam R$ 30 mil dos R$ 110 destinados a cada projeto em seus Estados. Essas emissoras estão também comprometidas a exibirem os filmes, em horário nobre, a partir do dia 29 de maio de 2009.

Criado num dos melhores momentos da produção de documentários vivido pelo País, o DOCTV tem um modelo inovador, que vai além do tradicional edital de fomento. Mais do que destinar recursos, o programa acompanha todas as etapas de produção dos filmes, com uma série de oficinas, voltadas desde a elaboração dos projetos até a grade de difusão na TV pública. Por isso, nos seus três anos de atividade, nenhum filme deixou de ser exibido. “O programa é um sucesso porque começou como um modelo de negócio, para atender à nova realidade da TV. Antes de se pensar no que ele seria, se pensou em como seria”, observou Orlando Senna, diretor-geral da TV Brasil e um dos idealizadores do projeto, quando ocupou a Secretaria do Audiovisual.

Uma das novidades desta edição do concurso, que procura a regionalização da produção audiovisual brasileira, é a expansão das chamadas Carteiras Especiais que, graças a uma parceria entre as emissoras locais de TV, o Ministério da Cultura e a iniciativa privada, vai expandir a premiação, que poderá alcançar mais 22 projetos nos Estados de:

Tocantins (1),
Pernambuco (1),
Distrito Federal (1)
Rio de Janeiro (1),
Maranhão (1),
Sergipe (2),
Goiás (2),
Minas Gerais (2),
Bahia (4)
e
São Paulo (7).
 O regulamento do concurso nacional está no www.cultura.gov.br/projetos_especiais/doctv.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Limão te leva para o rock in Rio com tudo pago!

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 1:11 pm

Workshop em Teresópolis RJ com : Alicerce dos Tambores Brasil.

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 1:04 pm

Workshop em Teresópolis RJ com :

Alicerce dos Tambores Brasil.

Workshop em Teresópolis RJ com :

ENOQUE TAVARES
( A importância do Chorus).

ÍTALO BRUNNO.
(VERSATILIDADE):

Técnicas de finger control,

tap stroke

e

linear,

versatilidade,

uso do metrônomo em diversos estilos,

vocabulários de diversos gêneros,

bossa nova,

 jazz, rock,

funk,

metal,

pedal duplo.

Data : 18 de julho.
Hora : 18 horas.
Local: Igreja de Cristo, rua Fernando Martins N/51 ao lado da antiga Itapicuru. Bairro: Várzea Teresópolis RJ.

Ingressos : 7 reais antecipado com o CD PROMO do ÍTALO BRUNNO TRIO.

No dia : 10 reais.

Apoio :

KR DRUMS ,

POWER CLICK ,

URBAN BOARDS ,

SUPER SAFIRA ,

SUPER BUMBOS

E

PRO CYMBALS.

Entrem agora no fotolog e saíbam como foi a Super Safira Tour 2008 .

http://www.fotolog.com/italobrunno

Mapa das Artes Visuais no Recife _ 2008 _ abre inscrições

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 12:35 pm

As inscrições para a 6ª edição do Mapa das Artes, considerado o mais completo mapeamento da cadeia produtiva das artes visuais no Recife, seguem até o dia 10 de julho. O evento apresenta tópicos sobre artistas e seus ateliês, espaços expositivos e de ensino-apredizagem, além de fornecedores de matéria-prima e serviços.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail mapadasartes@yahoo.com.br ou através de formulário impresso encontrado no Museu Murillo La Greca, localizado na Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, Paramirim; e no CFAV, situado no Pátio de São Pedro, bairro de São José. Podem participar do Mapa das Artes indivíduos ou grupos de artistas plásticos; grafiteiros; videastas; quadrinistas; fotógrafos; performers que morem e/ou atuem no Recife; fornecedores especializados de produtos e serviços; espaços expositivos e instituições que oferecem cursos e oficinas.

O Mapa das Artes é uma realização da Prefeitura do Recife, através da Gerência de Artes Visuais e Design da Fundação de Cultura da Cidade do Recife. Na edição 2008, o evento incorporará a Semana de Fotografia do Recife, seguindo até a Semana de Artes Visuais do Recife, o SPA. Mais informações pelos números (81) 3232.2858 ou 3232.4467.

maio 28, 2008

Show na noite cultural T-Bone

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 10:05 pm
Oi pessoal amanhã a partir das 7 da noite rolam tres show muito bons:
Terra Sagrada (Reggae)
 Célia Porto
e
Blitz,
apareçam!
Abs
Renio Quintas
 
O ano de 2008 é especial para o Açougue Cultural T-Bone que comemora dez anos de existência. No próximo dia 29 realizaremos mais uma edição da Noite Cultural T-Bone, um projeto que é  referência cultural de Brasília, inclusive, faz parte do Calendário Cultural Oficial do Distrito Federal (LEI Nº 3.193 /2003) e tem público de aproximadamente oito mil pessoas.

Em 1998, ano da primeira edição do projeto, a Noite Cultural foi realizada dentro do açougue e contou com trinta pessoas. Desde então já passaram mais de 150 mil pessoas e mais de 500 artistas para participar desta celebração à arte na entrequadra 312/13 da Asa Norte.  Artistas de renome nacional já se apresentaram no projeto, entre eles: Moraes Moreira, Chico César, Guilherme Arantes, Célia Porto, Tom Zé, Manassés, João Donato, Affonso Romano de Sant’Anna, Flávio Venturine, Geraldo Azevedo, Jorge Mautner, Nelson Jacobina, Fernando e Osmair, Geraldo Azevedo, Belchior, Erasmo Carlos e outros.

 A 22ª Noite Cultural T-Bone terá como apresentação musical principal a BANDA BLITZ  que fará show do DVD “Ao Vivo e a Cores“, o primeiro e único registro em vídeo desta turma que revolucionou o mercado da música jovem e abriu as portas para todo o rock nacional. No show os mega-sucessos “Você não Soube me Amar”, “A Dois Passos do Paraíso”, “Weekend” e “Geme-Geme” às novíssimas “Reggae do Avião” (composta antes da crise aérea, que já dura desde Santos Dumont) e “Como uma Luva”. A banda é composta pelos músicos: Evandro Mesquita (vocal, violão e guitarra), BIlly Forghieri (teclados e vocais), Juba (bateria e vocais), Andrea Coutinho (backing vocal), Luciana Spedo (backing vocal), Cláudia Niemeyer (baixo) e Rogério Meanda (guitarra e vocais).

Esta edição terá também a apresentação da cantora CÉLIA PORTO. Célia Porto é considerada uma das intérpretes de maior destaque da nova geração de artistas que vêm de Brasília, onde assume a influência de mestres da música brasileira como Angela Maria, Maria Bethania, Leny Andrade, Joyce, Gal Costa e Elis Regina.
Composição da banda: Renio Quintas  (Teclados – Direção Musical); Alexandre Macarrão (Baixo Elétrico); Rafael dos Santos ( Bateria)

A BANDA TERRA PROMETIDA  também participará da festa. As principais influências da banda vêm do groove jamaicano, de nomes como Bob Marley and The Wailers, Israel Vibration, entre outros. Composição da banda:  Dudulino Neves (guitarra , vocais e backing vocais); Apoena Ferreira (percussão, vocais e backing vocais); Bruno “Jacob” (vocais e backing vocais);  Naron Macnamara (guitarra, vocais e backing vocais); Valéria Pinheiro (teclado); Wagner (teclado); Paulo “PC” César (bateria); Renato Contaifer (baixo); João “Joca” Carlos (saxofone); Yuri Mello (trompete); Ivides (Trompete).

Estaremos recebendo de doações  de livros para o Projeto Parada Cultural durante o evento!

A 22ª Noite Cultural T-Bone tem o patrocínio da Petrobras e do do Fundo Nacional de Cultura. 

Apresentação: Mímico Miquéias Paz

Prêmio TIM divulga vencedores nesta quarta

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 3:29 pm

José Teles
Do Caderno C/ JC

Dominguinhos e Josildo Sá não serão os únicos forrozeiros de Pernambuco na cerimônia de entrega do Prêmio TIM de Música, na noite desta quarta-feira, no Theatro Municipal, no Rio de Janeiro. Quase desconhecidos pelos conterrâneos, os pernambucanos Roberto Pinheiro, Adelmo Joaquim do Nascimento e Enok Virgulino Dantas também concorrem ao TIM, na categoria melhor grupo regional. Eles são o Trio Virgulino, formado no começo dos anos 80 em São Paulo.

Os atores globais Marieta Severo e Marcos Palmeira apresentam a cerimônia do prêmio mais importante da MPB, que teve este ano 768 CDs e 114 DVDs inscritos e 104 selecionados concorrendo a 16 categorias, que vão do melhor disco infantil ao fulltrack. A este último concorrem um dos três artistas que tiveram a música (inteira) mais baixada para celulares em 2007: Ivete Sangalo, Sorriso Maroto e Vitor & Léo.

O Prêmio TIM faz uma espécie de homenagem pelo “conjunto da obra” a Dominguinhos e, por tabela, homenageia o forró, do qual ele é o maior nome vivo, herdeiro de Luiz Gonzaga. Além da homenagem, a justiça. Esta para Paulinho da Viola que deverá ser o grande vencedor em 2008. Mesmo considerado compositor maior da MPB, ele tem passado até uma década sem disco de inéditas. O último, sem contar com a trilha do documentário Paulinho da Viola: meu tempo é hoje, foi de exatamente uma década atrás, Bebadosamba.

Paulinho da Viola, com o disco Acústico MTV, recebeu seis indicações: melhor disco e cantor de samba, melhor cantor voto popular e mais três indicações na categoria Melhor canção para as composições Bela manhã, Talismã e Vai dizer ao vento. Seu Acústico MTV concorre ainda ao prêmio de melhor arranjador (para Cristóvão Bastos).

Segundo o idealizador do Prêmio TIM, José Maurício Machline, houve um aumento de 15% nas inscrições em relação a 2007, o que aponta para o aumento dos independentes no mercado fonográfico. Isto pode ser comprovado pelos concorrentes a melhor disco de MPB. Todos de gravadoras pequenas: Que belo e estranho dia pra se ter alegria, de Roberta Sá, saiu pelo selo MP,B, De um jeito diferente, de Emílio Santiago, é da Indie Records. Por fim, Dentro do mar tem rio, de Maria Bethânia é da Biscoito Fino.

A edição do Prêmio TIM tem ainda entre os pernambucanos indicados Siba e a Fuloresta com o disco Toda vez que eu dou um passo o mundo sai do lugar (melhor disco regional, cantor regional, cantor voto popular e projeto visual), Nação Zumbi com Fome de tudo (melhor grupo de pop/rock e projeto visual), Josildo Sá com Samba de latada, em parceria com Paulo Moura (cantor regional). O CD 100 anos de frevo, é de perder o sapato, coletânea produzida por Carlos Fernando, está indicado na categoria de projetos especiais.

maio 27, 2008

70 _ Feira de Trocas de Olhos d’ Água Em Homenagem a sua Criadora: Laís Aderne

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 3:48 pm

Flyer

Cartaz_70° Feira de Trocas de Olhos d\' Água

70ª. Feira de Trocas de Olhos d´Água

 

No próximo final de semana acontece a tradicional Feira de Trocas de Olhos d´Água, no município de Alexânia/GO. Essa edição vai homenagear sua idealizadora, professora Lais Aderne, que morreu no ano passado, e tem por objetivo resgatar a tradição cultural da terra, interior de Goiás. A feira oferece aos turistas o melhor do artesanato de raiz, comidas típicas e, ainda, shows que incluem viola caipira, catira, banda de música e até um animado arrasta-pé, com música caipira ao vivo. Uma programação cultural abrangente que vai agradar a todos os públicos, seja de crianças, jovens, adultos ou o pessoal mais maduro.

 

Para quem não conhece a feira, aí vai uma breve retrospectiva. No início dos anos 70, Lais Aderne chegava a Olhos d´Água, um pequeno povoado do interior de Goiás, há 100 km de Brasília. Apaixonada pelo artesanato de raiz, se encantou com a tecelagem, o trabalho com fibras, a cerâmica utilitária, as esculturas em madeira e espinho da árvore mama-de-porca, além de outros. Criou a associação de artesãos e começou o trabalho de resgate dos fazeres culturais daquela comunidade.

 

Naquela época, apesar de estarem próximos a duas capitais, os moradores de Olhos d´Água praticamente não compravam nada além do sal, que mandavam buscar de carro de boi em Corumbá, município vizinho. Os demais bens de consumo eram trocados entre si. Se um produzia feijão e outro tinha abóbora, era feito o escambo. Se uma artesã tecia uma coberta ou um pano para calça, trocava por um saco de farinha. Assim, a comunidade atendia suas necessidades. Vendo isso, Lais idealizou uma feira que atraísse a atenção de um novo público e ampliasse o mercado de trocas dessa comunidade. Surgiu, então, em 1974, a primeira Feira de Trocas unindo as duas práticas tradicionais naquela comunidade: o escambo e o artesanato de raiz.  

 

Desde então, a feira acontece duas vezes por ano, sempre no primeiro domingo de junho e de dezembro. A troca é o ponto forte. Os turistas trazem coisas como roupas, sapatos, acessórios, utilidades domésticas usadas, mas em bom estado de conservação, e negociam diretamente com os expositores. O negócio é bom para os dois lados. Quem vem de fora deixa produtos úteis para os artesãos e leva para casa trabalhos artesanais como tapetes, bonecas, caminhos de mesa, chapéus, bolsas, esculturas, cerâmicas e adornos para casa e até produtos da roça como doces de frutas da região, queijos, ovos caipiras, feijão etc. O dinheiro também é bem-vindo.

 

Apesar de nunca ter sido interrompida, com o passar do tempo e a falta de apoio oficial, a feira foi perdendo força. Nos últimos 3 anos, a Prefeitura Municipal de Alexânia, que tem como parceira a Associação Comunitária de Desenvolvimento Sustentável de Olhos d´Água – Acorde-, vem resgatando a feira, apoiando os artesãos e valorizando as tradições  da comunidade. A prova disso é o fato de que a secretária de cultura, turismo e meio ambiente é a Fatinha, uma conhecida artesã, nascida e criada em Olhos d´Água, cujo trabalho com tecelagem e fibras é reconhecido nacionalmente.

 

Anexo segue a programação cultural, o convite e o cartaz que divulga a festa.

 

Secretaria de Cultura, Turismo e Meio Ambiente

Prefeitura Municipal de Olhos d´Água  

Convite_70° Feira de Trocas de Olhos d\' Água

Programa_70° Feira de Trocas de Olhos d\' Água

 

 

Alexânia

 

release-feira-de-trocas 

programacao_feira_troca1 

convite_feira_troca1 

cartaz_feira_troca1

 

Apoio Tecnológico:

Podium Informática & Lan House

maio 26, 2008

Chico Violeiro.

Filed under: Sem-categoria — AlexâniAlexy___City Vlogcasting TV. @ 1:32 pm

Chico Violeiro

 No You Tube

Entrevista!!!! Chico Neto no Programa Monica Nobrega

Confira a entrevista com o Violeiro Chico Neto realizada pelo DF-Record.

Older Posts »

Blog no WordPress.com.